A Razer™, a marca líder global em lifestyle para gamers, anunciou duas novas provas de conceito preparadas para a CES 2021; o Projeto Hazel, a máscara mais inteligente do mundo e preparada para interações sociais, e o Projeto Brooklyn, uma cadeira de jogos compacta para imersão da próxima geração.

Os conceitos Razer são explorações inovadoras levadas a cabo pelas equipas de design e engenharia da Razer que servem para avaliar o interesse da comunidade e que influenciam futuros produtos da marca. As provas de conceito anteriores já chegaram ao mercado ou viram alguns dos seus elementos incluídos nos produtos hoje disponíveis.

A máscara inteligente pretende melhorar a conveniência da utilização diária de máscara ao mesmo tempo que ultrapassa desafios recorrentes nas interações sociais, enquanto que a nova cadeira gaming transformável traz imersão a toda a escala através da sua resposta háptica, gráficos e iluminação, tudo isto num formato flexível.  

PROJETO HAZEL 

Desde o início da pandemia, a Razer tem sido proativa na luta contra a COVID-19, incluindo através da conversão das suas linhas de fabrico para produzir máscaras certificadas e da doação de 1 milhão de máscaras cirúrgicas aos profissionais de saúde através da iniciativa Razer Health. Como progressão e evolução natural desta iniciativa, a máscara inteligente Projeto Hazel da Razer coloca mais ênfase na higiene e proteção contra riscos de saúde inesperados, bem como nas questões ambientais associadas às máscaras descartáveis, ao mesmo tempo que melhora as características de uma máscara de proteção individual reutilizável.

Preparando ainda mais os consumidores para o novo normal que se adivinha, o conceito desta máscara é inovador já que oferece proteção respiratória de nível médico N95, ventilação ativa removível e recarregável e Smart Pods que regulam o fluxo de ar para respirabilidade ótima. Os Smart Pods de alta eficiência com filtros bacterianos (BFE) filtram pelo menos 95% das partículas transportadas pelo ar e apresentam alta resistência a fluidos.

Para melhorar as interações sociais, o Projeto Hazel tem um design transparente para que as pessoas consigam identificar expressões faciais, como sorrisos ou gargalhadas, e permite que os deficientes auditivos leiam os lábios do interlocutor. As luzes internas são ativadas automaticamente no escuro, permitindo que os utilizadores se expressem de maneira clara, independentemente das condições de iluminação.

Além disso, como as máscaras também tendem a abafar a voz, a nova tecnologia Razer VoiceAmp (pendente de patente) utiliza um microfone e um amplificador embutidos para melhorar a perceção do discurso para uma comunicação clara, mantendo sempre o utilizador seguro em interações sociais.

Para reduzir o desperdício criado pelas máscaras descartáveis, a máscara inteligente Projeto Hazel utiliza ventiladores em disco substituíveis e recarregáveis que podem ser convenientemente higienizados de bactérias e vírus, ao serem colocados dentro da caixa de carregamento rápido sem fios que oferece também desinfeção por luz UV. Os indicadores luminosos mostram os níveis de carga e a elevada autonomia permite que a máscara seja utilizada em segurança durante todo o dia. A máscara é à prova de água e resistente a arranhões e é também sustentável – construída em plástico reciclável para minimizar desperdício em comparação com as máscaras descartáveis.

A máscara inteligente com contornos em silicone oferece o máximo conforto com refrigeração e regulação de ar ativas, trazendo ar fresco e libertando CO2. O resultado é uma vedação hermética com alças ajustáveis, que permitem a personalização do tamanho para um ajuste seguro evitando obstruir a boca. Para entretenimento e pontos de estilo, os utilizadores podem ativar duas zonas com iluminação Razer Chroma™ RGB que dispõe de 16.8 milhões de cores e um conjunto de efeitos dinâmicos.

Este conceito de máscara inteligente continuará a ser melhorado através de testes rigorosos e feedback dos utilizadores para garantir conformidades de segurança, máximo conforto e usabilidade. Melhorias a nível de design serão também contínuas para dar resposta às necessidades em constante evolução dos utilizadores e para proporcionar o máximo valor sem comprometer a funcionalidade e desempenho. O Projeto Hazel é fundamental para o compromisso da Razer para com a saúde pública e a segurança da comunidade.

A Razer reconhece a incerteza do futuro, por isso é nosso dever ajudar a proteger os membros da nossa comunidade e prepará-los contra ameaças invisíveis,” disse Min-Liang Tan, cofundador e CEO da Razer. “O conceito da máscara inteligente Projeto Hazel é que esta seja funcional mas confortável e útil para interagir com o mundo, ao mesmo tempo que mantém uma estética aceitável socialmente.

Para obter mails informações sobre o “Project Hazel”, consulte aqui.

 

PROJETO BROOKLYN 

Projetada para todo o tipo de gamers e para caber convenientemente num quarto ou sala de jogos, o Projeto Brooklyn é uma cadeira gaming ergonómica que se transforma numa poderosa estação de entretenimento capaz de proporcionar uma imersão de última geração de tirar o fôlego a qualquer um, tanto em jogos de PC como consola.

O Projeto Brooklyn é uma cadeira gaming de última geração construída com fibra de carbono e iluminação RGB, que se transforma facilmente numa estação de jogos totalmente imersiva com vista panorâmica para um ecrã roll-out de 60", feedback háptico embutido no assento e apoios de braço 4D que se transformam em suportes para os periféricos. Os tipos de cadeiras tudo-em-um existentes no mercado que oferecem assentos estilo “cockpit” com hardware integrado, são normalmente do tamanho de uma sala e possuem preços astronómicos.

Inspirado no design do Razer Iskur apresentado em outubro de 2020, o Projeto Brooklyn dá um salto em frente nos pontos de contacto com o utilizador, conectando a cadeira gaming ao ecrã e aos componentes mais funcionais, como os apoios de braço, ao mesmo tempo que oferece conforto através de almofadas macias de alta densidade que suportam a forma única de cada corpo. O encosto em couro é colocado sobre uma estrutura robusta em fibra de carbono para manter a postura perfeita durante maratonas de jogo.

A plataforma ajustável na qual a cadeira está assente tem arrumação de cabos e outros detalhes de design inspirados no monitor Razer Raptor. Montado na espinha dorsal da cadeira e desdobrável com o clique de um botão, está um ecrã OLED full surround de 60" para visuais impressionantes. Recolhendo-se no encosto da cadeira quando não está em uso, este conjunto de exibição roll-out coloca o utilizador no centro da ação com detalhes nítidos e uma experiência panorâmica fantástica.

Os apoios de braço 4D totalmente transformáveis acomodam perfeitamente as mesas com diferentes configurações possíveis, o que permite alternar facilmente entre jogos de PC com rato e teclado e jogos de consola. Cada apoio de braço tem painéis separados que podem ser colocados em posições diferentes para teclado e rato e existe ainda a possibilidade de guardar parte destes painéis quando não são de todo necessários.

Dando continuidade ao sucesso alcançado pelo protótipo Razer com feedback háptico baseado em áudio demonstrado na CES 2019, foi desenvolvida uma nova integração nativa da Razer HyperSense em torno da estrutura da cadeira, para o novo expoente máximo de imersão háptica. Módulos de movimento de alta-fidelidade são ativados de forma independente para provocar sensação de movimento em resposta até às vibrações mais pequenas sentidas durante o jogo, como ao saltar para a água ou ao pousar numa plataforma, resultando numa experiência de jogo realmente envolvente. 

A iluminação Razer Chroma RGB foi integrada ao longo da parte externa das almofadas do assento e apresenta personalização com 16.8 milhões de cores e efeitos integrados em mais de 150 títulos de jogos e sincronização com outros periféricos.

O Project Brooklyn é um conceito empolgante desenvolvido na verdadeira essência daquilo que é uma estação de jogos totalmente imersiva,” disse Min-Liang Tan. “A resposta háptica, o campo de visão e o design funcional com atenção à ergonomia vão proporcionar uma experiência de jogo única.

A Razer irá continuar a desenvolver este conceito de cadeira gaming, através de testes com os melhores atletas e influenciadores de desportos eletrónicos para avaliar a sua viabilidade, conforto e desempenho. O Project Brooklyn tem como objetivo descobrir novas formas de melhorar a mecânica e o design para o utilizador de forma a oferecer uma experiência de jogo mais envolvente e promover o crescimento da gama de cadeiras gaming da Razer num futuro próximo.

 

Classifique este item
(0 votos)
Ler 146 vezes
Tagged em

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top