A Mercedes-Benz e a Google anunciaram uma parceria estratégica de longo prazo para acelerar ainda mais a inovação automóvel e criar a experiência digital de última geração em veículos de luxo. Com esta parceria, a Mercedes-Benz será o primeiro fabricante de automóveis a criar a sua própria experiência de navegação com base em novos dados internos do veículo e nas funcionalidades de navegação da plataforma Google Maps.

Isto visa dar ao fabricante de automóveis de luxo acesso à oferta geoespacial líder da Google, incluindo informação detalhada de locais, informação de trânsito em tempo real e preditiva, cálculo automático de novo itinerário e muito mais. Ao integrar estas funcionalidades no futuro Sistema Operativo da Mercedes-Benz (MB.OS), os clientes podem apreciar uma experiência de navegação superior, graças à fácil utilização e aos gráficos excecionais do ecrã de alta resolução equipado nos veículos. Para melhorar ainda mais a experiência do utilizador, as empresas irão incorporar a app YouTube no sistema de informação e entretenimento da Mercedes-Benz. Adicionalmente, a Mercedes-Benz irá utilizar os dados da plataforma Google Maps para permitir funcionalidades de condução assistida como a regulação automática da velocidade antes de cruzamentos, rotundas ou curvas. 

"Convidamos apenas os melhores dos melhores parceiros para aperfeiçoar o nosso sistema operativo e melhorar a experiência do cliente Mercedes-Benz. A Google tem sido líder em tecnologia geoespacial e navegação durante vários anos. Com a nossa parceria estratégica, estamos entusiasmados em criar serviços únicos e em elevar o nível de conveniência para os nossos clientes. Serão integrados profundamente no interface do utilizador Mercedes-Benz e ligados totalmente às funções pertinentes do veículo como o estado de carga da bateria.”, revelou Ola Källenius, diretor executivo da Mercedes-Benz.

 

As empresas estabeleceram um acordo para explorar adicionalmente a colaboração utilizando as soluções de inteligência artificial, dados e infraestrutura aberta da Google Cloud. Por exemplo:

  • Inteligência artificial: a Mercedes-Benz pretende utilizar as soluções de inteligência artificial e aprendizagem de máquina da Google Cloud para criar, treinar e implementar novos modelos rapidamente e melhorar a experiência do cliente.
  • Dados: a Mercedes-Benz pretende utilizar a plataforma de processamento de dados rápida e eficiente da Google Cloud para analisar dados de frotas.
  • Infraestrutura aberta: a Mercedes-Benz planeia utilizar a infraestrutura aberta da Google para inovar e expandir em segurança desde as instalações até à nuvem, todo o ambiente tecnológico atual da Mercedes-Benz.

“A nossa parceria com a Mercedes-Benz irá trazer tecnologias avançadas da plataforma Google Maps, da Cloud e do YouTube para ajudar a criar novas experiências para os condutores. Além de permitir à Mercedes-Benz conceber um interface de navegação personalizado, iremos fornecer as nossas funcionalidades de inteligência artificial e de dados para acelerar os seus esforços de sustentabilidade, fazer avançar a condução autónoma e criar uma melhor experiência de cliente.”, afirmou Sundar Pichai, director executivo da Google e Alphabet

Como primeiro passo, a Mercedes-Benz irá disponibilizar aos clientes o acesso à função Place Details fornecida pela Google, ajudando a encontrar informação detalhada sobre mais de 200 milhões de empresas e locais em todo o mundo, incluindo horários de funcionamento, fotografias, classificações e críticas. A função Place Details estará disponível a partir de hoje em todos os veículos equipados com a última geração do MBUX nos mercados aplicáveis.

 

Classifique este item
(0 votos)
Ler 1619 vezes
Tagged em
Top