A Microsoft anunciou esta semana, via Windows Blog, a disponibilização de uma nova Build do Windows 10 para PC via Fast Ring, no âmbito do Windows Insider Program. Os Insiders que registaram os seus PCs em “Skip Ahead” serão igualmente contemplados com esta Build. 

Nota: Esta build e tal como acontece com as atualizações de segurança disponibilizadas em 03/01 e 09/01, está bloqueada para máquinas que possuam processadores AMD mais antigos, como explicado neste artigo de suporte.

Build 17074 traz as habituais correções de bugs identificados na Build anterior, nomeadamente a resolução de crashs na App Settings, a resolução de um problema que provocada um Stop Code (GDOD) quando determinados dispositivos USB eram conectados ao PC, a resolução de diversos problemas no Microsoft Edge, a resolução de um problema que impedia que as fonts EUDC fossem carregadas corretamente no Edge, Cortana e outras aplicações, a resolução problemas nos botões de navegação do OOBE,  resolução de um problema no WerFault.exe que provocava um pico de utilização do CPU por um periodo indertinado de tempo, entre outros.

Foram ainda incluidas mitigações que protegem os Insiders das vulnerabilidades Meltdown e Spectre, adicionado suporte para o tipo de fonts .otf e disponibilizado um novo cmdlet Powershell (Get-DeliveryOptimizationLog) para recolha de logs do Delivery Optimization. A funcionalidade Sets foi também alargada a mais Windows Insiders. 

No que diz respeito a novidades, a Microsoft começa por destacar novo modelo de Internacionalização do Windows. A partir de agora, os pacotes de idiomas (Local Experience Pack – ou “Language Pack”) passam a ser disponibilizados via Microsoft Store e nas opções “Região & Idioma” das definições do Windows. Estas alterações incluem a utilização de AI e Machine Learning para a criação de versões localizadas do Windows. Através do Language Community App, os utilizadores podem enviar sugestões que serão utilizadas para melhorar as traduções das versões localizadas.

 

Microsoft Edge e à semelhança das builds anteriores, recebeu um conjunto de novidades que incluem melhorias no HUB e na forma como os contudos do mesmo estão organizados, o preenchimento automático da informação dos cartões de crédito nos formulários de pagamento online, uma nova experiencia de leitura de EPUBs e PDFs, novas ferramentas gramaticais para o modo de leitura e livros EPUB, melhorias na leitura em Full Screen, melhorias nas notas e marcações, suporte a Audio Books, melhorias na Biblioteca, melhorias na barra de favoritos, entre muitas outras.

 

 

Destacam-se também as melhorias na Shell do Windows que incluem um conjunto de melhorias nas “Quiet hours”, no Near Share  e na navegabilidade das pastas no Menu Iniciar.

 

Para além das novidades anteriores, a Microsoft refere ainda melhorias nas páginas das definições de Armazenamento, Sons e Acerca, melhorias no Input e escrita manual, melhorias no XAML, melhorias na vista de navegação e alterações significativas na App Camera.

 

Em termos de bugs já identificados, a Microsoft refere um problema que impede a abertura de páginas do Edge no modo InPrivate a partir de HeadSets de Realidade Mista, um problema que pode provocar em determinados dispositivos um bloqueio no ecrã de boot após a atualização (a virtualização deverá ser desligada na BIOS nestes casos), um problema nas apps nativas do Windows que podem falhar na atualizaçao via Microsoft Store, entre outras.

Poderá saber mais detalhes sobre estas Build no Windows Blog.

Classifique este item
(0 votos)
Ler 1525 vezes

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top