Depois de ontem termos anunciado a recolha por parte da Toshiba de mais 1400 baterias de computadores portáteis, surge agora uma nova "vaga" de possivel recolha mas por parte da empresa Filandesa Nokia.

Em causa está as baterias BL-5C originárias da Matsushita e que foram postas à venda nos equipamentos Nokia entre Dezembro de 2005 e Setembro de 2006, ao todo serão 46 milhões de baterias defeituosas que correm o risco de sobreaquecimento.

Até agora a Nokia apenas detectou 100 baterias com defeito, e sem danos para os seus utilizadores. A Nokia revelou ainda que vai proceder de forma gratuita à troca das baterias defeituosas.
Classifique este item
(0 votos)
Ler 2845 vezes
Top