Foi assaltado e roubaram-lhe o iPhone? Infelizmente, acontece muito durante as férias, quando estamos mais despreocupados e desatentos aos nossos pertences. Os investigadores da Kaspersky descobriram o esquema de interação usado pelos hackers para desbloquear iPhones roubados. Este modus operandi implica um bom jogo psicológico e habilidades de engenharia social.

O que fazem os assaltantes quando roubam um iPhone? Veja as respostas abaixo:

  • Desligam o telefone de imediato para evitar serem detetados. Retiram o cartão SIM para descobrir o número de telefone da vítima;
  • Quando a vítima ativa o cartão SIM de substituição, recebe um SMS idêntico a uma notificação do serviço Find My Apple iPhone, solicitando que ele detete a localização do telefone roubado através do que parece ser um site oficial do iCloud (icloud.co.com), depois de ter introduzido as suas credenciais;
  • Após uma validação mais detalhada, o proprietário do telefone notaria que o endereço está escrito, de facto, 'icioud [ponto] co [ponto] com', com um "i" maiúsculo, em vez de um "l" minúsculo.

Se os hackers percebem que a vítima detetou o truque de phishing, dão início ao plano B:

  • Os hackers tentam entrar em contato com a vítima através de um telefonema, no qual afirmam ser representantes de um centro de serviços. Descrevem o dispositivo e dizem que o telemóvel foi encontrado e oferecem-se para devolvê-lo;
  • Se a vítima acreditar nisto, os hackers pedem que a devolução seja feita num local específico. Ao estabelecer prazos rigorosos e fornecer à vítima uma história bem detalhada - mas ainda assim falsa - conquistam a sua confiança e a colocam-na sob pressão psicológica.
  • De seguida, os hackers conversam com a vítima sobre como eliminar a sua conta da cloud para, assim, eliminarem o seu vínculo com o smartphone roubado. Se a conta for eliminada, os hackers estão livres para ligar e reutilizar o telefone sem risco de serem descobertos. 

O que fazer em caso de perda ou roubo do iPhone

·       Ativar imediatamente o modo lost na aplicação Search my iPhone.

·       Entrar em contato com sua operadora para bloquear o cartão SIM, principalmente, se não estiver protegido por código PIN (por norma, estes códigos estão desativados ou são muito simples, como 0000).

·       Ativar imediatamente o modo ‘Eliminar iPhone’ se tiver certeza de que não encontrará o telemóvel novamente.

·       Deve-se recordar que as mensagens SMS e até as chamadas de voz podem ser falsas. Se as informações das mensagens não corresponderem ao que vê no Find My iPhone, é provável que seja o assaltante que esteja a enviá-las.

·       Pesquisar no seu e-mail mensagens autênticas recebidas do Find my iPhone. Se não tiver, qualquer outra mensagem recebida no seu telefone pode ser fraudulenta.

·       Não aceder aos links que aparecem nas mensagens de texto. Deve inserir-se o endereço icloud.com manualmente (e com cuidado) no servidor e nunca o IP e senha da Apple nos links abertos através de mensagens.

·       Manter a calma. É muito provável que os hackers tentem fazer com que se tome uma decisão precipitada. É a sua estratégia habitual, mas não se deve desistir.

·       Por mais que os hackers insistam, nunca se deve desativar o modo lost da aplicação Search my iPhone.

Para aceder à história completa, leia o artigo completo no blog da Kaspersky.

Classifique este item
(0 votos)
Ler 522 vezes
Tagged em

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Wintech TV

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top